Concentração Arquidiocesana 2022 do Apostolado da Oração e Movimento Eucarístico Jovem

Com participação expressiva, os membros do Apostolado da Oração (AO) e Movimento Eucarístico Jovem (MEJ) — Rede Mundial de Oração do Papa —, na Arquidiocese de Brasília, estiveram reunidos em Concentração Arquidiocesana no último domingo, 26/06, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora das Mercês, na 615 Sul.
A concentração acontece todos os anos no domingo depois da Solenidade do Sagrado Coração de Jesus. Membros de todas as paróquias do Distrito Federal passaram a tarde juntos, reunidos em oração e formação.
O vermelho e branco, nas dezenas bandeiras do AO, enfeitaram o corredor da nave central da Paróquia Sagrado Mercês, repleta de fiéis, trazendo alegria e beleza ao encontro.
O Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora das Mercês, Frei Rogério Soares, que também é o animador e diretor espiritual arquidiocesano, acolheu os devotos do Coração de Jesus em sua bela e distinta paróquia. Animados pelo coral local “Sacro Cor”, a Concentração teve como pregador o pároco da Paróquia São Domingos Sávio, no Riacho Fundo, Pe. Roger Araújo.
Durante a pregação, Pe. Roger, destacou a importância de “… termos os corações curados no Coração de Jesus. Um devoto do Coração de Jesus não pode ter seu coração machucado, pois estamos no coração de Cristo.”
Segundo o pregador, é necessário “… que em nossas casas tenhamos um altar dedicado ao Sagrado Coração de Jesus, não como mero enfeite, mas como sinal da misericórdia de Deus para com todos nós”.
Depois de um breve intervalo, para confraternização, os membros do AO se reuniram para celebrar a Santa Missa, auge da Concentração, presidida pelo Sr. Cardeal eleito de Brasília, Dom Paulo Cezar Costa e demais padres, entre eles o Pe. Paulo Cesar, vigário da Paróquia São Pio de Pietrelcina, no Sudoeste (DF), que bondosamente se colocou disponível para ajudar a Coordenação Arquidiocesana do Apostolado da Oração na missão de animar e propagar o Apostolado em nossas paróquias. Estiveram presentes o diácono transitório Reinaldo e seminaristas orionitas membros do AO.
Durante a homilia, o Sr. Cardeal eleito saudou os membros do AO em nossa Arquidiocese:
“Estamos aqui como Apostolado da Oração, em nossa amada Arquidiocese de Brasília, mulheres, homens, jovens, adultos, pessoas que olhando para o Coração de Jesus, encontram a sua identidade, sentido da vida e da doação.”
Dom Paulo Cezar, destacou, no contexto da sua homilia, a importância da insígnia (as fitas vermelhas) que usam os membros do Apostolado da Oração:
“Essas fitas que vocês levam é o amor de Cristo. Imagem que vocês trazem no peito. Imagem do Coração, que relembra o Coração de Cristo. E quando olhamos para o Coração de Cristo é o Coração que amou. Amou até o extremo. Amou-nos até a morte de Cruz”.
Finalizando sua homilia, o Sr. Arcebispo exortou todo o AO em Brasília a serem presença profética da beleza do Amor de Cristo, que transforma o mundo e nossa civilização:
“Trazemos a marca do Coração de Cristo no peito, doando-se com alegria na oração, nas atividades do Apostolado da Oração, das nossas comunidades, em nossas famílias. É o amor de Cristo que faz a diferença em nossa vida. A beleza do amor salva o mundo, salva nossa vida. Nos faz, verdadeiramente, dom de amor… Que o Apostolado da Oração manifeste esta beleza do amor de Cristo que o mundo tanto precisa! Que a presença de vocês em nossas paróquias, seja presença profética do amor de Cristo que tanto precisa o mundo. Que o Espírito nos ajude cada vez mais construímos a civilização do amor! Amém!”
A Concentração Arquidiocesana do Apostolado da Oração (2022), foi transmitida ao vivo pelas redes sociais da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora das Mercês.
Frei Rogério Soares, diretor espiritual, agradeceu a presença do Sr. Arcebispo na Concentração. Depois de dois anos de pandemia, o Apostolado da Oração nunca parou, pelo contrário, foi nesse tempo de reclusão, através dos meios digitais, que nasceram 7 (sete) outros novos grupos e novos membros se consagraram ao Sagrado Coração de Jesus. Vale destacar que o AO está presente no Ordinariato Militar do Brasil, na Paróquia Militar São Miguel e Santo Expedito, na Asa Norte, em Brasília e na Paróquia São Charbel, no Noroeste, do Rito Maronita.
Antes da bênção final e despedida, o Sr. Arcebispo destacou o comprometimento de tantas no Apostolado da Oração. Dom Paulo contou que sua mãe (já falecida) também era membro do AO:
“Minha mãe também era membro do Apostolado da Oração. E, quando ela se foi, eu mantenho a fita dela do lado da minha cabeceira até hoje. A única herança que eu recebi dela foi a fita do Coração de Jesus, e manterei sempre comigo!”
E, ainda, continuou nos animando em nossa missão, dizendo:
“Não tenham medo de serem missionários e missionárias do Amor do Coração de Jesus. Não tenham medo de irem criando grupos. Fazendo com que cada vez mais o Coração de Jesus chegue até o coração das pessoas e as transforme. O amor do Coração de Jesus faz a diferença. O coração que vocês trazem na fita é o coração de Cristo, não é outro coração. É o coração do Filho de Deus. É o amor dele por nós. Coragem e alegria nessa missão bonita de propagarem a devoção ao Coração de Jesus. Rezar pelos nossos padres…”
Leia também o Bilhete Mensal do Apostolado de Oração da Arquidiocese de Brasília. Clique aqui. 

Texto: Pe. Everton Vieira

Vice-Diretor do Apostolado da Oração

Arquidiocese de Brasília