A Capela Nossa Senhora Mãe dos Migrantes ganha novo sino

Nesse domingo, 20 de junho, a comunidade da Capela Mãe dos Migrantes, no Varjão, celebrou a festa do Migrante com inauguração e benção do sino.  

Em 2008, foi doado para a Comunidade do Trecho III o primeiro sino do Varjão, com a finalidade se ser adquirido um sino maior cujo som atingisse toda a população. 

Para tornar possível a troca, foram realizados vários eventos, contando com a ajuda e participação dos Cenáculos.

Nesse transcurso de tempo o Pe. Norbey solicitou ao arquiteto Lucio Ferreira para desenhar uma torre com sino para colocar no Varjão. 

Assim, surgiu o desenho da torre, que agradou à comunidade, pela simplicidade e foi aprovado pelo CPAE.

Foi gravado no sino o brasão da Paróquia e o nome do Diácono Odilo Pedro Lunkes. Uma homenagem pelo empreendimento, doação e serviço à comunidade carente do Varjão.

 

A obra e execução foi acompanhada pelo Pe. Wilker Lima, à época, sendo responsável pela comunidade do Varjão, ficou à frente dos trabalhos. Como também da pesquisa para compra do sino.

Com todo o envolvimento e empenho da comunidade, a dia de sua padroeira ganhou um significado a mais. A dada  foi sugerida pela própria comunidade e na coordenação de Vanio Scarebelot, fechando a Semana do Migrante

“Os SINOS estão ligados à vida do povo de Deus. O seu som marca os tempos da Oração, reúne o povo para realizar ações litúrgicas e nos lembra que somos família em Cristo. Voltamos nosso olhar para a Mãe dos Migrantes que na comunidade do Varjão, reina como protetora  e peçamos as bençãos aos nossos migrantes, sedentos de vida melhor, moradia e esperança no coração, “ Pe. Norbey.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.