A Pastoral Familiar Arquidiocesana celebra o Dia do Nascituro na Paróquia São José Operário

No dia 8 de outubro a Igreja comemora em todo o mundo o dia do nascituro. O objetivo é estimular a consciência de que a vida humana, desde a sua concepção, é inviolável.

Mas, o que é o nascituro? É aquele que foi gerado, mas ainda não nasceu. Ou seja, está no ventre de sua mãe, lugar que, em tese, deveria estar sob total proteção. Durante a gestação mãe e filho devem ser protegidos e amparados. Infelizmente, no atual cenário mundial o que se tem visto é uma devastadora corrente do mal que quer implantar em todas as nações leis favoráveis à destruição da vida, dentre elas a legalização do aborto, prática que é um crime. “O aborto é homicídio”, disse o Papa Francisco.

Em sintonia à Mãe Igreja, a Arquidiocese de Brasília promove nesta sexta-feira, 8/10, celebração na Paróquia São José Operário, 604 Norte, com a participação do Bispo Auxiliar de Brasília, Dom Marcony. O evento iniciará com a missa, às 19:00, na qual as gestantes receberão uma bênção especial. Em seguida, haverá uma reinauguração da ‘Gruta de Nossa Senhora de Lourdes’, situada nas dependências da paróquia, local destinado para venerar aquela que é a mãe de todos os filhos de Deus. Finalizando o evento, num ambiente iluminado por velas, será feita a  ‘Oração do Nascituro’. Este é um gesto para propagar a Luz de Cristo em todas as vidas indefesas e vulneráveis.

“Os filhos são um dom de Deus” (Sl 126)

Todos os cristãos são chamados a darem testemunho de que a vida é um sinal de esperança e de amor de Deus por nós.

2021-10-08T14:20:20-03:0008/10/2021|