AppVisita Domiciliar da Pastoral da Criança é instrumento contra a crise do Coronavírus

No momento de crise por conta da pandemia que estamos vivendo, informações científicas corretas costumam demorar a chegar, principalmente aos mais pobres, e, quando chegam, nem sempre são em linguagem compreensível. Soma-se a isso as fakenews e as informações populares incorretas que circulam pelos grupos de whatsapp e podemos ter um agravamento da situação pela falta de cuidados simples que podem salvar muitas vidas.

Por isso, a Pastoral da Criança lançou, no AppVisita Domiciliar, um material de “E-capacitação” sobre coronavírus, com informações específicas e atualizadas para ajudar nossos líderes e famílias a enfrentar a pandemia. São conteúdos científicos escritos em uma linguagem acessível e com diagramação amigável e que podem ser acessados inclusive offline, servem para toda a família e contam com a revisão de especialistas.

Além desse material, por meio da funcionalidade correio do AppVisita, a Pastoral da Criança disponibiliza uma ferramenta eficaz para organizar a Rede de Solidariedade que está acontecendo em muitas comunidades, facilitando as ações e minimizando as falhas.

“Entendemos que, por nossa natureza de atuação, devemos estar ainda mais a serviço e continuar nossa missão, ainda que com adaptações. Afinal, assim como hospitais católicos não são fechados, pelo contrário, aumentam sua capacidade, os serviços preventivos também devem ser ampliados. Por isso, para cumprir nossa missão nesse momento, a Coordenação Nacional e a Pastoral da Criança de todo o Brasil continuará seu trabalho com respaldo de alguns técnicos. O material de e-capacitação e o uso do Correio do Appvisita Domiciliar para organizar as ações e criar uma Rede de Solidariedade são algumas das ações adicionais que estamos desenvolvendo nesse momento. Com a Rede de Solidariedade a ideia é mapear via GPS as pessoas próximas (evitar deslocamentos), controlar quem foi atendido, não sobrecarregar de pedidos os voluntários, ao mesmo tempo que se preserva a privacidade dos que ajudam (as mensagens são trocadas via aplicativo, não divulgando o  telefone ou outros dados pessoais). Sugerimos também que os voluntários da Rede de Solidariedade leiam o material de e-capacitação e façam o teste que faz parte do material sobre Coronavirus, pois sem o conhecimento adequado quem está com boa intenção de ajudar também pode se contaminar e contaminar os outros”, ressalta Dr. Nelson Arns Neumann, Coordenador Internacional da Pastoral da Criança, médico epidemiologista e Doutor em Saúde Pública.

O papel da comunidade no combate a esta epidemia é mundialmente reconhecido. Há alguns dias, a Associação Internacional de Epidemiologia (IEA), entidade que reúne os maiores especialistas mundiais em epidemia, com sede nos Estados Unidos, escreveu que “nesta fase da pandemia global, é vital evitar o medo. Devemos refutar os rumores enquanto educamos nossas comunidades sobre o valor do distanciamento social, da higiene das mãos e da etiqueta da tosse para limitar a propagação desta infecção. Nossos membros, como profissionais de linha de frente nos esforços de preparação, planejamento, resposta e advocacia em todo o mundo, desempenham um papel inestimável nos esforços globais de controle de doenças. Incentivamos muitos de nossos membros a se envolver com vigilância, rastreamento de casos e controles, prevenção e controle de infecções, comunicação de riscos e envolvimento da comunidade, entre outras áreas importantes de necessidade”.  

Para Mariângela Simão, Assistant Director GeneralAccess to Medicines, Vaccines and Pharmaceuticals, da World Health Organization – Geneva, “em períodos de crise como o que estamos vivendo, a Pastoral da Criança tem um papel importante – dada a sua capilaridade, pode fazer chegar informações corretas sobre como se prevenir desse novo vírus a cada família. E com o potencial impacto socioeconômico desta pandemia, servir mais uma vez de exemplo de solidariedade com aqueles mais vulneráveis na sociedade”.

Além desses conteúdos, o Aplicativo Visita Domiciliar, que tem como objetivo auxiliar as famílias no cuidado com seus filhos, traz outros sobre temas de saúde, nutrição, desenvolvimento infantil, brinquedos e brincadeiras etc. São materiais educativos, vídeos, orientações, sinais de alertas e informações específicas para cada semana de gestação e até os seis anos de idade da criança, atualizadas periodicamente.

O AppVisita pode ser utilizado em modo offline, sem conexão com a internet, em celulares ou tablets, e por meio dele também é possível ter acesso à e-Capacitação, que contém ainda mais materiais educativos sobre a gestação, temas ligados ao acompanhamento de crianças, brinquedos e brincadeiras e enfrentamento ao Coronavírus. Para facilitar o aprendizado e o aperfeiçoamento, cada etapa é dividida em três níveis: Básico, Complementar e Opcional. A grande maioria dos conteúdos conta também com um QUIZ, que traz perguntas e respostas sobre o tema e serve como instrumento de aprendizado e avaliação.

Para ter acesso a essas e outras funcionalidades, é só baixar o AppVisita Domiciliar e Nutrição – Pastoral da Criança na PlayStore!

Clique aqui para baixar

 

Juntos, podemos enfrentar essa crise e cumprir nossa missão de levar Vida Plena para todas as famílias e crianças.

Fonte: Pastoral da Criança

2020-05-19T11:57:13+00:0019/05/2020|