Arcebispo de Brasília participa de solenidade de regularização do terreno da Paróquia Mãe da Divina Misericórdia

divina5

Na tarde deste domingo (14), Dom Paulo Cezar Costa, Arcebispo de Brasília, participou da solenidade de assinatura da concessão de direito real de uso do terreno da Paróquia Mãe da Divina Misericórdia, na Asa Norte. O evento contou com a presença do administrador paroquial e Vigário Geral da Arquidiocese, Padre Eduardo Peters, do secretário de governo, Dr. José Humberto, do secretário de desenvolvimento urbano e habitação, Dr. Mateus Leandro, de autoridades e do povo fiel que se reúne nessa paróquia. A escritura foi entregue diretor de regularização Social Econômico da Terracap, Leonardo Mundim.

 

Há muitos anos, ainda com os esforços do Cônego Stanislaw Muszak, falecido em abril passado em decorrência de complicações da covid-19, esta comunidade se empenha pela regularização do terreno e a possibilidade de receber o alvará de construção da mesma. Quando da chegada de Dom Paulo Cezar a Brasília, Padre Stanislaw apresentou o projeto da Igreja que desejara construir no local, mas que estava sem autorizações.

 

A partir dos diálogos com o Governo do Distrito Federal, do setor jurídico da Arquidiocese, os terrenos de Igrejas têm começado a ser regularizados. Em discurso, na solenidade, Dom Paulo Cezar afirmou que “este dia é um dia histórico para nós. A primeira vez que o padre Stanislaw foi falar comigo, ele levou uma planta da igreja e toda a conversa foi basicamente esta: ele mostrar que tinha aqui o desejo de construir o santuário; esse foi um sonho que ele alimentou e como ele lutou por esse terreno. Esse foi um grande sonho dele, mas também, um grande sonho da comunidade. Porque aqui tem uma comunidade de fé, aqui tem uma comunidade que espera e deseja essa igreja. É uma comunidade que está aqui rezando e mantendo sua esperança alta nesses tempos difíceis, nesses tempos de pandemia.”

Regularização do terreno da Paróquia Mãe da Divina Misericórdia

Fazendo menção a outras solenidades como esta em que, também, o governador estava presente, o Arcebispo relembrou que estes momentos lembram o que é a verdadeira laicidade, a valorização do serviço que a Igreja presta, também, a sociedade. “Quando tudo parece nebuloso, a fé que sustenta. Aquilo que até as autoridades tem dito neste tempo de pandemia: a importância da fé, daquilo que a Igreja faz, até no esquecimento, que faz sem fazer alarde. A Igreja está ai, sustentando, fazendo com que as pessoas tenham esperança nos tempos difíceis que vivemos, fazendo, também, com que tanta gente recebe auxílios caritativos, promovendo a caridade e a solidariedade.”

 

Dom Paulo Cezar lembrou através do agradecimento ao governo, o que é a verdadeira laicidade, que ele tem relembrado em todas as ocasiões de regularização de terrenos, mostrando a preocupação da Igreja com o respeito a todos: “Obrigado ao governo por entender a verdadeira laicidade do estado, onde o estado é aquele que protege e dá a oportunidade de que todos tenham liberdade de viver sua fé.”