Arquidiocese de Brasília ordena 10 novos padres

Mesmo diante de todas as dificuldades que a pandemia do COVID 19 impôs, a Arquidiocese de Brasília, com alegria, numa celebração cheia de emoção no dia dedicado ao Sagrado Coração de Maria, 11 de junho, ordena 10 novos padres.

A celebração, que aconteceu na Catedral de Brasília, às 9h, foi presidida pelo Arcebispo de Brasília, Dom Paulo Cezar e concelebrada por seus auxiliares: Dom José Aparecido e Dom Marcony Vinícius. Estiveram presentes o reitor do Seminário N. Sra. De Fátima, Pe. Eduardo Peters, o reitor do seminário Redemptoris Mater, Pe. Paulo de Matos, padres e diáconos da Arquidiocese e familiares (em número reduzido).

Em sua homilia, o arcebispo destacou que “o padre não está enraizado no mundo, mas sim, na palavra, no Verbo de Deus, no próprio Cristo. Sendo assim, presença de Cristo na vida da Igreja que está no mundo. ”

Padre Lucas Tadeu, ao final da celebração, em nome de todos os ordenados, agradeceu a todos que os ajudaram ao longo e dirigiu a palavra ao arcebispo, “mais uma vez agradecemos ao nosso pai e pastor, dom Paulo Cezar que neste dia 12, completa seis meses à frente da nossa Arquidiocese. Dom Paulo, muito obrigado por sempre se mostrar um pastor zelo e acolhedor, sobre tudo para nós, seus filhos primogênitos, Deus abençoe seu ministério e conte conosco. Estamos disponíveis para servir e com alegria naquilo que nos for proposto. ”

 

Sacramento da Ordem

Segundo o Catecismo da Igreja Católica, a Ordem é o sacramento graças ao qual a missão confiada por Cristo aos Apóstolos continua a ser exercida na Igreja, até ao fim dos tempos: é, portanto, o sacramento do ministério apostólico. E compreende três graus: diaconato, o presbiterado e o episcopado (CIC 1536).

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *