Arquidiocese de Brasília ordena três novos diáconos

“Trazemos, porém, este tesouro em vasos de argila, para que esse incomparável poder seja de Deus e não de nós.” (II cor 4, 7)

Com esta passagem motivadora aconteceu na última sexta-feira, 8 de outubro, a ordenação diaconal de três novos diáconos para a Igreja em Brasília. Com uma Missa presidida por Dom Paulo Cezar, Arcebispo de Brasília, os seminaristas Beatus, Davide e Marcelo, foram ordenados, na paróquia Nossa Senhora da Esperança, Asa Norte, para o serviço de Deus e da Santa Igreja.

Em um clima de fraternidade e comunidade, no início da celebração, Padre Toni, vice-reitor do Seminário Redemptoris Mater de Brasília – onde foram formados os ordenados – acolheu a todos os presentes nomeando-os e apresentando-os ao Arcebispo. Fiéis advindos de várias comunidades do Distrito Federal, do Brasil e de outros países rezaram nesta missa, rendendo graças a Deus pelo dom da vocação dos três novos diáconos.

Em sua homilia, Dom Paulo Cezar, destacou a imagem de Cristo como servidor, lembrando que o diácono é configurado ao Cristo servidor e que ele deve levar seu ministério como um grande ato de serviço a Igreja e aos irmãos. A santidade de Deus pede que aqueles que servem sejam preparados para cuidar dos serviços do Templo e devem ajudar nas coisas do culto, como eram os levitas no Antigo Testamento, lembrando a Primeira Leitura escolhida para a Celebração. Da mesma forma, destacando a passagem do Evangelho proclamado, no capítulo 15 do Evangelho de São João, dom Paulo afirmou que o discípulo deve ser aquele que permanece na presença do Pai, da mesma forma que Cristo permanece. Mas que o conceito de “permanecer” não deve ser só um conceito teológico na Trindade, mas, à exemplo de Cristo, o ato de permanecer deve ser como a ação de Cristo, onde a vontade Dele no Getsemani foi de permanecer na vontade do Pai, porque confiava no Pai.

Após a homilia, com os ritos próprios da Ordenação, Dom Paulo impôs as mãos sobre os ordenandos e rezou a prece de consagração da ordenação, marcando assim, para sempre, estes homens para o serviço de Deus. Num momento de muita emoção, Beatus, Davide e Marcelo foram revestidos da veste própria do diácono, a dalmática e, pela primeira vez, serviram ao Altar do Senhor, configurados a Cristo Servo.

Ao fim da Celebração, o reitor do Seminário Redemptoris Mater, Padre Paulo de Matos Félix, agradeceu a Dom Paulo Cezar oferecendo, em nome dos ordenados e do Seminário, uma cesta com alguns presentes afirmando, de forma alegre, que dado o tamanho da cesta, Dom Paulo só conseguiria vê-la depois da Celebração, mostrando a proximidade e familiaridade do seminário com o seu Pastor.

 

Veja como foi a celebração:

 

www.youtube.com/watch?v=OIWTrODNN28