Arquidiocese de Brasília recebe cinco escrituras de terrenos do GDF

Em uma cerimônia no Palácio do Buriti na manhã desta segunda-feira (20/06), a Arquidiocese de Brasília recebeu a escritura de cinco paróquias do Governo do Distrito Federal. Na ocasião, outras 20 entidades religiosas tiveram seus terrenos regularizados.

Representando as paróquias São João Paulo II, Águas Claras, Nossa Senhora da Paz, Samambaia, São João Batista, Gama, São Miguel Arcanjo, Recanto das Emas e Maria de Nazaré, Samambaia, o procurador da Arquidiocese de Brasília, Dr.  Renan Laurentino, fala que “considerando o histórico de propriedades irregulares no território do Distrito Federal,  a regularização de imóveis e entrega dessas escrituras é uma forma de se legitimar a atividade religiosa nas comunidades de Brasília, em suma, retirá-las do limbo da irregularidade e garantir dignidade as atividades religiosas

Temos que olhar a Regularização Imobiliária, seja nas Igrejas, seja nos demais espaços da sociedade, como o fomento do desenvolvimento de uma sociedade; o sistema registral imobiliário brasileiro é um dos mais seguros do mundo, e devemos valorizar essa conquista em nosso país. Não basta ter título; é preciso que seja regular! A partir dessa regularização, é possível alcançar outros direitos derivados da propriedade. Por fim, ressaltamos a laicidade do Estado na prática, protegendo sob o manto constitucional todas as religiões de forma digna”

Para o padre Felipe Souza, “ter um documento para a nossa capela é uma conquista muito importante, pois o povo vê com bons olhos, que o nosso trabalho está sendo frutuoso”.

 

 

Com informações Agência Brasília

Fotos: Jaqueline Husni