Cáritas Arquidiocesana de Brasília acolhe novos venezuelanos e solicita ajuda

A Cáritas Arquidiocesana de Brasília acolhe no último dia 02/6, novos venezuelanos. Segundo a coordenação, já são 40 pessoas no abrigo temporário, dentre eles, famílias com crianças.

O projeto de base de apoio aos imigrantes venezuelanos tem por objetivo desenvolver a capacidade de diálogo, melhorar a autoestima, e a capacidade de tomada de decisão em grupo, construir identidade, criar interação, troca de experiência e promover do desenvolvimento comunitário com inclusão social e econômica da comunidade venezuelana.

“Os nossos irmãos refugiados Venezuelanos que estão chegando a Brasília e precisam urgentemente do acesso às medidas protetivas e de atenção às necessidades básicas: alimentação, roupas e kit de higiene pessoal”, explica Paulo Henrique, coordenador da Cáritas Arquidiocesana de Brasília.

 

 

O que pode doar:

  • Material de higiene: sabonete, pasta dental, escova de dentes, fraldas, absorventes para mulher, papel higiênico e outros;
  • Material de limpeza: álcool, detergente, água sanitária, saco de lixo, sabão em pó
  • Roupas de frio, para crianças e adultos;
  • Alimento: cesta básica, leite, queijos, ovos, pão, açúcar, biscoitos e outros.

 

Local de entrega das doações:

Paróquia Bom Jesus L2 Sul, quadra 601 – falar que é para a Cáritas – migrantes

Paróquia São Pedro de Alcântara – QI 7/9 – Lago Sul – falar que é para Cáritas – migrantes

 

Contato: (61) 3225-6834 ou (61) 981246572 (Paulo)

E-mail:caritasdf@caritas.org.br

Doações financeiras:

Caixa Econômica Federal
Agência 0002 Operação 003,
Conta Corrente 4872-6.
CNPJ 12.437.712/0001-42

Conta da Cáritas Arquidiocesana de Brasília

 

A Cáritas Brasileira é uma entidade de promoção e atuação social que trabalha na defesa dos direitos humanos, da segurança alimentar e do desenvolvimento sustentável solidário. Sua atuação é junto aos excluídos e excluídas em defesa da vida e na participação da construção solidária de uma sociedade justa, igualitária e plural.

 

Com informações Cáritas Brasileira e Caritas DF

2020-06-05T15:52:25-03:0004/06/2020|