Casa do Clero de Brasília passa por reformas

 

Há mais de 30 anos, a Arquidiocese de Brasília conta com uma casa que acolhe sacerdotes já idosos, com alguma enfermidade, que estão em Brasília em missão ou que precisam de cuidados especiais. Esta é a Casa do Clero que está passando por reformas para acolher melhor os seus residentes.

A Casa do Clero foi criada pelo segundo Arcebispo de Brasília, o Cardeal Dom José Freire Falcão, quando do seu governo pastoral. O objetivo era de acolher os sacerdotes que se doaram durante toda a vida e, chegando à idade avançada, precisavam de cuidados especiais, bem como, um descanso merecido. O terreno escolhido fica no início da via L2 Norte, ao lado do Centro Cultural de Brasília e conta, atualmente, com a presença de 13 padres residentes.

Além dos quartos para os padres que ali moram, o ambiente conta com cozinha e refeitório, sala de leitura, sala de estar, horta comunitária, pátio para pequenas caminhadas, como também, sala para visitas, área administrativa e a capela – coração da residência – que está sendo reformada a partir da doação generosa dos fiéis.

Até o ano de 2016, a instituição estava sob os cuidados das irmãs da Congregação das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada. Elas serviram nas mais diversas funções durante 23 anos. A partir de 2017, assumiram a administração da casa a Pastoral Presbiteral da Arquidiocese de Brasília através da Comissão do Clero. Atualmente, coordena o gerenciamento da casa o Padre José Vicente, coordenador do clero de Brasília e Pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida do Contagem em Sobradinho.

Padre José Vicente conta que a rotina dos padres que ali residente está dimensionada da seguinte forma: todos os dias acontece a celebração da Eucaristia presidida por um dos padres residentes, existem momentos de convivência fraterna, sobretudo na hora das refeições, além de tempos livres de oração, estudo e o incentivo a caminhada no pátio externo da casa para valorizar o aspecto da saúde e bem-estar. O padre afirma que a Casa do Clero está aberta para visitas de cortesia e que os padres ficam bastante felizes ao receber pessoas queridas que vão até lá para conviver, escutar histórias, contar experiências e partilhar a vida. Além disso, todos aqueles que desejarem fazer doações, estas também são bem-vindas.

A Sagrada Escritura lembra que é um dever bonito cuidar e valorizar aqueles que passaram pela história, sobretudo, aqueles que fizeram o bem, como muitos sacerdotes que ali habitam. Algumas passagens remetem o sinal dos cabelos brancos como símbolo da experiência daqueles que já vivenciaram inúmeros obstáculos e alegrias durante a vida e podem ajudar os mais jovens com seus conselhos. “Os cabelos brancos são uma coroa de glória a quem se encontra no caminho da justiça” (Pr 16, 31)

 

 

CASA DO CLERO

End.: SGAN 601 Módulos E/F – 70830-010 – Asa Norte

Fone: 3225-4894 / 3225-4310 Fax: 3225-9380

 

https://arqbrasilia.com.br/casas-formativas/