Conhecer o Espírito Santo de Deus

É da vontade do Pai e do próprio Cristo que conheçamos sempre mais quem é o Espírito Santo, a Terceira Pessoa da Santíssima Trindade, para que possamos usufruir dos inúmeros benefícios que Ele nos proporciona na caminhada da fé. O Espírito Santo é o promotor da santidade, o articulador dos nossos encontros com Cristo, a Virgem Maria, os anjos e os santos. Ele está ao nosso lado; mais que isso, Ele está em nossas almas de prontidão para nos auxiliar na consolidação da fé e no aprendizado da caridade.

Conhecer o Espírito Santo e caminhar com Ele pelas estradas da vida é o desafio contínuo que o Cristo nos faz no nosso dia a dia. Em sintonia com o Divino Espírito, nós aprendemos a caminhar na presença de Deus, a retirar as sandálias dos pés, para que possamos adentrar o terreno sagrado do divino e, por isso, uma das funções do Espírito Santo é nos ensinar que o pecado é sempre um ato de insanidade que coloca em risco a nossa vida com Cristo e a nossa salvação. Diante das possibilidades de cedermos às tentações, o Espírito Santo nos questiona: “Acaso não sabeis que sois templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? ”. (1 Cor 3, 16).

Caso venhamos a cair em pecado, o Espírito Santo não desiste de nós. Ele vem em nosso auxílio e gera em nossos corações o verdadeiro arrependimento e os bons propósitos. Ele nos faz perceber que benditas são as lágrimas de arrependimento que derramamos diante da misericórdia divina. Deste modo, abrasados pelo Espírito Santo, nós percebemos que é impossível vivermos sem a presença de Deus, é desumano viver sem a intimidade com Cristo. Por conseguinte, ainda que haja fraquezas, limitações, quedas, fome, guerras, depressão, desespero, ainda que persigam a nossa fé, se o amor de Deus estiver em nossos corações, iremos ressuscitar gloriosamente, pois a nossa vida é reanimada pelo sublime Amor que não conhece interrupções.

Outra ação do Espírito Santo em nós é nos ensinar a verdade. Ele realiza essa ação por meio da Palavra de Deus, das Sagradas Escrituras. Ele nos questiona: você tem grande conhecimento sobre o seu cantor preferido; mas o que você sabe sobre o Cristo? Você sabe de cor muitas letras de músicas, mas qual é a canção de Deus que caracteriza a sua existência? Você sempre reserva tempo para ir ao cinema, ao clube e à academia, mas qual é o tempo que você tem dedicado para participar das Missas, das adorações e dos inúmeros serviços que a Igreja oferece? Lembre-se: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará! ”. (Jo 8, 32).

Indicando-nos a Verdade, o Espírito Santo demonstra que é o nosso melhor Amigo; mais do que isso, é o próprio Deus consolador que caminha conosco, ajudando-nos a derrubar as barreiras do egoísmo, da intolerância e do ódio, ensinando-nos a construir as pontes da comunhão, da fraternidade e da paz. O Espírito Santo é o Amor transbordante de Deus que nos renova, atualiza, moderniza. Ele nos concede o dom da fortaleza e nos encoraja a receber, com alegria e esperança, os desafios que nos engrandecem espiritualmente. Abraçados a Ele e aquecidos pelo Seu vento impetuoso, podemos suportar todas as dificuldades e os piores momentos com a serenidade da fé.

Conhecer o Espírito Santo é uma lição diária que nos capacita para as novas aprendizagens da fé. O conhecimento da Pessoa do Deus santificador ajuda-nos a superar a soberba com a humildade, a vencer o ódio com o amor, as trevas com a luz, a malícia com a pureza e o pecado com a perseverança na vida da graça. Por tudo isso, é impossível ficarmos indiferentes às inspirações suscitadas pelo Divino Espírito. Ungidos pelo Espírito de Amor, nós exercemos prodígios na vida do nosso próximo. Entre outros, uma visita oportuna aos doentes, uma palavra acolhedora aos idosos, uma correção fraterna a um amigo, um gesto caritativo e inesperado a quem precisa de nossa ajuda material. A medida e a proporção desses prodígios são o sinal mais eloquente da nossa docilidade ao Espírito Santo.

Quando conhecemos o Espírito Santo, nós estamos capacitados para conhecermos a nós mesmos e ao nosso próximo, pois o conhecimento de Deus gera vida, encontros, solenidades, liturgia, celebrações e memórias e, por isso, conhecer ao Espírito Santo não é algo opcional. É, sim, a prioridade das prioridades, pois, a partir do encontro com o Espírito Santo e por meio da docilidade ao que Ele nos inspira, nós podemos cultivar uma sólida e fecunda amizade com Jesus, a fim de podermos comunicar a força de Seu amor transformador a todas as pessoas que encontrarmos. Vinde, Espírito Santo, vinde!

Aloísio Parreiras

(Escritor e membro do Movimento de Emaús)

2019-06-12T16:36:34-03:0012/06/2019|