Dia dos pais – saiba a origem desta tradição

Celebrar o dia dos pais, é uma oportunidade de homenagear de forma especial aquele que, soube abraçar a vocação de ser PAI, a espelho de São José, pai adotivo de Jesus.

A tradição de celebrar o dia dos pais foi iniciada nos Estados Unidos. A data entrou no calendário comemorativo, após a sugestão de uma moça chamada Sonora Louis Dodd, que quis homenagear seu pai, William Jackson Smart.

Smart era um veterano da Guerra Civil Americana que, após a morte da esposa, criou sozinho sua filha,Sonora e os outros filhos.

O dia, 19 de junho, foi escolhido por ser a data de nascimento de seu pai. O gesto simples da moça, acabou por inspirar muitas pessoas da mesma cidade a fazerem a mesmo homenagem. De Spokane, a prática alastrou-se para outros estados dos EUA.

Em 1972Richard Nixon, presidente dos Estados Unidos, declarou o terceiro domingo de junho como o dia oficial da comemoração do dia dos pais. Essa data foi adotada como modelo por vários países ocidentais.

No Brasil, é comemorado no segundo domingo de agosto, desde 1953. Ao contrário dos Estados Unidos, através de relatos históricos, a data não foi pensada como forma de homenagem simples, na verdade, ela foi pensada com objetivo, tanto social, quanto comercial pelo Publicitário Sylvio Bhering, à época, diretor do Jornal O Globo.

Para que a ideia fosse bem aceita pelos brasileiros, a tentativa inicial foi associar a data ao dia de São Joaquim, pai de Maria, mãe de Jesus Cristo, já que a população brasileira era predominantemente constituída de católicos. No entanto, nos anos seguintes, a data também foi deslocada para o segundo domingo do mês de agosto – e assim permanece até hoje.

A saber, nos Estados Unidos, e em várias outras nações, a data é comemorada no terceiro domingo de junho; em Portugal e na Espanha, 19 de março; na Rússia, no dia 23 de fevereiro.

Na Arquidiocese, as paróquias costumam propor diversas atividades com o intuito de unir as famílias para homenagear os pais.

Para homenagear todos os pais, Dom Marcony , bispo auxiliar de Brasília, grava uma mensagem especial: 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *