Dom Paulo Cezar, Assembleia Eclesial: “estamos olhando para Aparecida”

Participa na Cidade do México da Primeira Assembleia Eclesial para América Latina e Caribe o arcebispo de Brasília, dom Paulo Cézar. Numa vídeo mensagem dom Paulo fala da sua presença no México na Assembleia Eclesial para a América Latina e o Caribe. Ele diz que “estamos olhando para Aparecida olhando para Aparecida 14 anos depois Aparecida que quis uma igreja discípula missionária”.

Silvonei José – Vatican News

Aparecida – destacou o arcebispo – “se centralizou no discípulo missionário de Jesus, na percepção de que todo aquele e toda aquela que segue Jesus Cristo é missionário. 14 anos depois estamos buscando reavivar a Igreja discípula Missionária, estamos olhando de novo para Jesus Cristo como centro da nossa vida, como centro da vida de nossas igrejas”.

Dom Paulo afirmou em seguida que “estamos querendo continuar a ser uma igreja discípula missionária assumindo o desafio da conversão, da conversão social, da conversão cultural, da conversão eclesial e da conversão total. Queremos uma igreja que verdadeiramente olhe para fora, anuncie Jesus Cristo, testemunhe Jesus Cristo: a Igreja é missionária na sua essência, ela existe para evangelizar, ela existe para anunciar e testemunhar Jesus Cristo. O Papa Francisco – afirmou – tem insistido muito numa Igreja em saída, numa Igreja que vai às periferias existenciais, às periferias humanas”.

Dom Paulo

Estamos aqui na Assembleia Eclesial – sublinhou dom Paulo que participa de modo presencial dos trabalhos – “reavivando este nosso desejo de sermos uma Igreja em saída, um Igreja Missionária, uma Igreja que quer assumir verdadeiramente os novos desafios da conversão como Papa Francisco nos propôs na Querida Amazónia. Queremos ser verdadeiramente fiéis ao mandato do Senhor, “ide pelo mundo inteiro, anunciai o Evangelho a toda criatura”. O Espírito é aquele que vai nos dinamizando, o Espírito é aquele que vai apontando o caminho de Jesus para Igreja. O espírito é aquele que vai nos colocando sempre nessa dinâmica de saída”.

Dom Paulo fez votos de que essa Assembleia Eclesial possa ser verdadeiramente um momento bonito da Igreja América Latina, momento bonito de vivência da sinodalidade. “Que esse momento possa verdadeiramente marcar a vida da Igreja no nosso continente. Marcar um caminho bonito de sinodalidade como nos tem indicado o Papa Francisco”.

O Papa Francisco,  – finalizou – quer que caminhemos todos juntos no sentido, verdadeiramente irmãos, onde todos se olham e se sentem verdadeiramente irmãos e irmãs no caminho de evangelização, no caminho bonito de missão.