Dom Paulo Cezar celebra novena de Nossa Senhora de Fátima em Paróquia na Samambaia

Na noite da última quinta-feira (12/05), o Arcebispo de Brasília, Dom Paulo Cezar Costa, presidiu o último dia de novena da Padroeira na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Samambaia, em sua primeira visita a esta Paróquia em seu pastoreio em Brasília. O Pároco da comunidade, Padre Lécio Santos, acolheu o Arcebispo afirmando que a comunidade se alegra com a presença do Arcebispo, sendo ele a figura do Bom Pastor para o povo.

Em sua homilia, o Arcebispo refletiu sobre a maternidade de Nossa Senhora: “nós estamos aqui refletindo sobre a presença materna de Maria, que nos tem como filhos e filhas e assim nos trata diante de seu Filho Jesus Cristo, sempre intercedendo e olhando por nós.” Enfatizando as leituras, Dom Paulo destacou que o pecado que entrou no mundo por conta da desobediência do homem e da mulher é destruído pela obediência de Maria que deu seu sim para ser Mãe do Salvador Jesus Cristo.

 

“A gente entende o drama do início da história da humanidade, quando o mal entra no mundo, na atualidade, quando vemos a destruição que causa a guerra e, mesmo ela acontecendo a uma grande distância de nós, as consequências chegam até nós, até porque todos os homens e mulheres são irmãos e devemos nos compadecer do sofrimento de tantos homens e mulheres que estão sofrendo o horror da guerra”, disse Dom Paulo fazendo referência a necessidade de sermos sempre vigilantes na vida espiritual para que não sejamos servos da maldade, mas sim, da bondade, pois é esta que vem de Deus.

 

Ao final da celebração, o Arcebispo conduziu a oração da novena, rezando a consagração da Paróquia à Virgem de Fátima. Ao agradecer a presença de dom Paulo, o Pároco aproveitou para convidar os jovens que desejam realizar um discernimento vocacional que o pudessem procurar, relembrando os frutos vocacionais da comunidade. Dom Paulo, também, fez memória do saudoso Padre Ulysses Reis, falecido em 2020, que construiu a Paróquia e foi um grande arauto da evangelização na Samambaia.