Há um ano Dom Paulo Cezar era nomeado Arcebispo de Brasília

“Entro na vida desta Igreja Particular com muito respeito pela sua caminhada, pelo trabalho dos meus predecessores […]. Vou com disposição de vos conhecer, amar e doar o melhor de minhas forças para que o Evangelho de Jesus Cristo possa ser conhecido, amado e testemunhado.” Com essas palavras Dom Paulo Cezar se dirigiu, há um ano, a Igreja de Brasília quando foi nomeado pelo Papa Francisco como seu novo Arcebispo.

Neste dia 21 de outubro, a Arquidiocese de Brasília comemora um ano da nomeação de Dom Paulo Cezar Costa como seu Arcebispo. As quartas-feiras são dias de grande expectativa para as dioceses que estão vacantes, pois neste dia, tradicionalmente, são noticiadas as nomeações de transferências e novos bispos para o Brasil. Há um ano essa era a expectativa que pairava sobre o povo fiel de Brasília. Quando no dia 21, pela manhã, foi comunicado, pela Sala de Imprensa da Santa Sé, a nomeação do novo arcebispo para a capital federal, padres, seminaristas, fiéis, religiosos e religiosas iniciaram uma grande busca para conhecer o novo pastor.

Logo pela manhã, direto de São Carlos, até então sua diocese, Dom Paulo Cezar dirigiu as primeiras palavras ao povo de Brasília através das ondas radiofônicas no intercâmbio entre a Rádio SDS de São Carlos e a Nova Aliança de Brasília. Durante todo o dia, inúmeros meios de comunicação noticiaram a nova missão de Dom Paulo, demonstrando a grande importância deste momento não só para a Igreja, mas também, para a sociedade em Brasília e no Brasil, afinal estava sendo apresentado o novo pastor da capital da república.

O, até então, Administrador Diocesano, Dom José Aparecido, manifestou a alegria da Arquidiocese pela nomeação de Dom Paulo Cezar, relembrando que, deste o momento em que a Igreja em Brasília ficara vacante todo o povo passou a rezar pedindo a Deus “um pastor que vos agrade pela virtude e vele solícito sobre nós.”. E assim Deus o fez enviando Dom Paulo como pastor incansável para velar sobre o rebanho do Planalto Central.

Em seus pronunciamentos desde a publicação de sua nomeação, Dom Paulo repetiu, por várias vezes, que desejaria “conhecer a realidade da arquidiocese e, encontrar o que já existe, para depois apontar novos caminhos para a continuidade e para o novo”. De fato, este tem sido o itinerário do arcebispo nestes 10 meses em que está em Brasília. Mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia, restrições de eventos, distanciamento e, por vezes, a impossibilidade de celebrar com os fiéis, Dom Paulo se empenhou seriamente em cumprir o que prometera tendo já visitado mais de 120 das 154 paróquias, encontrando-se com o clero por várias vezes, sejam nas reuniões gerais, seja na dinâmica do retiro do clero – o qual ele desejou pregar para todos os 4 grupos para conhecer seus padres e diáconos –, desenvolvendo a reestruturação do funcionamento curial, empenhando-se no diálogo com os poderes públicos, em todas as instâncias, visitando frequentemente o seminário e dialogando com os seminaristas, apresentando suas ideias para o desenvolvimento da vida e da missão evangelizadora da Arquidiocese entre outras várias ações que, diuturnamente, tem realizado.

Há pouco mais de uma semana, Dom Paulo celebrou, pela primeira vez, a Solenidade da Padroeira da Arquidiocese, Nossa Senhora Aparecida. Após a Missa testemunhou a alegria de poder servir ao Senhor em Brasília e, sobretudo, celebrar a Mãe que cuida desta Igreja: “Foi uma grande emoção celebrar esta festa. Uma grande emoção porque Nossa Senhora Aparecida é padroeira do povo brasileiro, mas também, padroeira da nossa amada cidade de Brasília. Foi uma emoção encontrar de novo o povo nesse dia. Graças a Deus a Catedral tinha muita gente que veio agradecer. O povo veio com a memória agradecida.” Dom Paulo continua descrevendo a emoção do coração do pastor: “O arcebispo está com o coração emocionado e agradecido porque vejo tantas pessoas que vieram como peregrinos para agradecer porque sentiram a presença de Nossa Senhora na pandemia. Coração emocionado de um pastor que se alegra com meu povo porque estamos aqui com esperança vencendo esse tempo difícil.”

Certamente estes são os primeiros meses de um bonito caminho de união do pastor com o povo, do povo com o pastor. E, por isso, Dom Paulo Cezar convida todo o povo a rezar com ele “agradecidos porque Nossa Senhora nos assistiu até aqui e pedindo a ela que continue a nos assistir”.

 

Relembre abaixo as notícias no dia da nomeação de Dom Paulo Cezar como Arcebispo de Brasília:

 

Site da Arquidiocese de Brasília

Papa Francisco nomeia novo Arcebispo para a Arquidiocese de Brasília

Mensagem de Dom Paulo Cezar para a Arquidiocese de Brasília

 

CNBB – Centro Oeste

Dom Paulo Cezar é nomeado arcebispo de Brasília-DF

Correio Braziliense – Distrito Federal

Papa Francisco nomeia Dom Paulo Cezar Costa como novo arcebispo de Brasília

 

Vatican News

Dom Paulo Cezar Costa é o novo arcebispo de Brasília

 

Arquidiocese Militar do Brasil

Dom Paulo Cezar Costa é o novo arcebispo da Arquidiocese de Brasília

Diocese de São Carlos

Papa Francisco nomeia Dom Paulo Cezar Costa como novo Arcebispo de Brasília

Notícias Canção Nova

Anunciados novos bispos para Brasília (DF) e Barreiras (BA)

Com.Shalom

Dom Paulo Cezar Costa é nomeado novo arcebispo de Brasília

G1 – Distrito Federal

Papa Francisco nomeia Dom Paulo Cezar Costa como novo arcebispo de Brasília

Portal A12.com

Nomeados novos bispos para Brasília (DF) e Barreiras (BA)

Jornal de Brasília

Dom Paulo Cezar Costa é escolhido por papa Francisco para assumir arquidiocese de Brasília

CBN

Papa Francisco nomeia Dom Paulo Cezar Costa como novo arcebispo de Brasília

 

GLOBOPLAY DISTRITO FEDERAL

Papa Francisco nomeia novo arcebispo de Brasília

 

 

Foto: Paróquia Maria Imaculada