Hallel Brasília comemora seus 25 anos

Hoje (14), festa da exaltação da Santa Cruz, a obra de misericórdia de Deus em Brasília – HALLEL – Som e Vida – comemora 25 anos.

O evento que arrastava multidões de jovens, tinha como objetivo evangelizar, de forma inovadora, por meio da música.  O Hallel é considerado um dos maiores de música católica na América Latina.

Foto: @hallelbrasiliaoficial

 

Hallel chega a Brasília

 

Em setembro de 1993 um grupo de oito pessoas da Evangelização 2000 foi convidado a participar do Curso Formação Integral do Jovem – FIJ que uma equipe da diocese da cidade de Franca/SP veio ministrar para membros da Renovação Carismática Católica. Essa equipe era responsável pela realização do Evento Hallel – Som e Vida naquela cidade, evento que tinha sido criado por eles no ano de 1988, inspirados numa versão do Rock in Rio, com o objetivo de evangelizar os jovens da Diocese de Franca, tendo a música como o carro chefe do evento, uma realidade que fala alto ao coração da juventude.

No final do FIJ os participantes foram convidados pela equipe a conhecer o Hallel, e em julho de 1994 fomos em uma caravana de 11 ônibus com centenas de jovens de Brasília para participar do 8º Hallel de Franca. Foi uma experiência fantástica onde ficamos encantados com o tamanho e com a estrutura diversificada de evangelização com diversos módulos de pregação que abrangia desde as crianças, com o Hallelzinho, até às pessoas da melhor idade. O anúncio da Boa Nova do Evangelho era feito a todos os participantes do evento de uma forma inculturada, dinâmica, criativa e lúdica.

Voltamos de Franca com uma grande vontade de realizar o Hallel na nossa Arquidiocese de Brasília. Em fevereiro de 1995 um pequeno grupo de 3 pessoas apresentou a idéia a Dom Alberto Taveira, então Bispo Auxiliar de Brasília responsável pelo Vicariato Sul, que gostou muito da sugestão uma vez que ela estava em consonância com o desejo de nosso Cardeal Dom José Freire Falcão que queria fazer acontecer a Pastoral de Conjunto na arquidiocese.

Dom Alberto autorizou a constituição de um grupo, de maneira informal, para que começassem a rezar e a trabalhar sobre a ideia de realizar o Hallel em 1996. Aconteceram então algumas reuniões com representantes de alguns movimentos/pastorais e serviços e foi realizado um show com o cantor mexicano Martim Valverde com intuito de divulgar o Hallel e começar a arrecadação de recursos financeiros necessários à realização do evento.

Em fevereiro de 1996 iniciamos, oficialmente, em uma reunião realizada na Paróquia Dom Bosco – Asa Sul, os preparativos para a realização do Hallel em Brasília, onde apresentamos aos representantes das pastorais, movimentos e serviços a proposta de realização do evento. Após sete meses de preparativos  com várias reuniões e 43 dias de adoração ao Santíssimo Sacramento, 24 horas por dia, na Capela da Rádio Nova Aliança foi realizado no dia 14 de setembro – Festa da Exaltação da Santa Cruz, no EXPOBRASÍLIA – Parque da Cidade, o 1º Hallel – Som e Vida de Brasília com a participação de um público estimado de 90.000 pessoas que durante todo o dia foi bombardeado com uma programação evangelizadora desde a recepção e em todos os espaços do local do evento.

Foi um momento de muita graça de Deus para a igreja em Brasília com vários testemunhos de conversão, retorno à vida da graça de muitas pessoas de todas as idades e despertar de vocações sacerdotais e religiosas. E Deus colocou o Hallel no coração do nosso povo de Brasília.

Durante as 22 edições do evento que foram realizadas e tinham como Padroeira Nossa Senhora, em vários títulos, e alguns santos padroeiros também, o Hallel chegou a congregar 35 movimentos/pastorais, serviços e diversas equipes na sua estrutura organizacional (Pastoral de Conjunto) no anúncio da Boa Nova do Evangelho. A partir da segunda edição o Hallel realizou 100 dias de adoração ao Santíssimo Sacramento e foi também um instrumento que ajudou na implantação da adoração perpétua na nossa Arquidiocese de Brasília.

Portanto ao celebrarmos hoje os 25 anos de realização do Hallel – Som e Vida na nossa querida Arquidiocese de Brasília só nos cabe manifestar a nossa alegria e profunda gratidão a Deus por Sua Infinita Misericórdia que nos cumulou com tantas bênçãos e graças com a realização do Hallel, aos nossos Bispos e sacerdotes que nos acolheram, abençoaram e nos orientaram, aos irmãos das diversas pastorais, movimentos e serviços pelo testemunho de amor e serviço à igreja e ao evento, em especial, e ao nosso povo amado de nossa capital que experimentou em cada edição realizada.

 

2021-09-14T19:17:57-03:0014/09/2021|