Jesus Manso e Humilde de Coração

Apostolado da Oração (AO), ultimamente também conhecido como REDE MUNDIAL DE ORAÇÃO DO PAPA, é uma organização composta por leigos católicos onde finalidade é a santificação pessoal e a evangelização.

“O Apostolado da Oração constitui a união dos fiéis que, por meio do oferecimento cotidiano de si mesmos, se juntam ao Sacrifício Eucarístico, no qual se exerce continuamente a obra de nossa redenção, e desta forma, pela união vital com Cristo, da qual depende a fecundidade apostólica, colaboram na salvação do mundo.”  Definição contida nos seus estatutos.

 

O movimento nasceu em seminário da Companhia de Jesus na França e espalhou-se pelo mundo.  O foco do trabalho é a evangelização das famílias através da devoção ao Sagrado Coração de Jesus, os membros do Apostolado da Oração rezam todos os dias nas intenções do Santo padre o Papa.

Como surgiu? O Padre Francisco Xavier Gautrelet (1807 – 1886) – disse aos estudantes do Seminário em uma conferência, que podiam cooperar com os que trabalham em seus diversos apostolados para a salvação dos homens, sem que precisasse interromper os estudos, desta forma, se criou uma pequena organização chamada Apostolado da Oração. Os estudantes se entusiasmaram com as ideias do padre que foram divulgadas pela vizinhança, logo sendo espalhada pela França e em 1849 recebeu aprovação do Papa Pio IX e as primeiras indulgências.

No Brasil o primeiro núcleo foi fundado em Recife (1867) mas se difundiu após a fundação do núcleo de Itu-SP no ano de 1871 por padre Bartolemeu Taddei, inclusive ele foi nomeado primeiro Diretor Nacional, foi quem levou o Apostolado a todos os Estados, sendo também o responsável pela fundação do Santuário Nacional do Sagrado Coração de Jesus em Itu-SP.

Hoje o AO está presente em praticamente todas as paróquias, são aqueles que vemos com a fita vermelha no pescoço, ela simboliza o amor de Cristo por nós e também o compromisso que assumimos com Ele.

“O Apostolado da Oração é um caminho espiritual que a Igreja propõe a todos os cristãos para os ajudar a ser amigos e apóstolos de Jesus Ressuscitado na vida diária e despertar neles a capacidade missionária. Leva-os a uma aliança de amor pessoal com Ele, simbolizada no seu Coração.” (Site do AO)

“O Senhor não pode entrar em corações duros e ideológicos. O Senhor entra nos corações que são semelhantes ao Seu: corações abertos e compassivos.” Papa Francisco (twitter 18/06)

Dia 19 de Junho de 2020 Celebramos a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus e hoje mais que nunca precisamos voltar nosso olhar para o Sagrado Coração, fonte de amor misericórdia e perdão. Amor que cura, une e liberta a humanidade de suas amarras ao egoísmo e falta de solidariedade.

Por isso unidos ao Apostolado da Oração, ao Papa Francisco e a todos os cristãos do mundo inteiro peçamos com fé

“Jesus, manso e humildade de coração, fazei o nosso coração semelhante ao Vosso”.

Por Cleides Batista – Pascom Paroquia Santa Teresinha -Taguatinga Norte

 

 

2020-06-18T16:14:55-03:0018/06/2020|