Julho, mês do preciosíssimo Sangue de Cristo

O mês de julho é dedicado à devoção ao Preciosíssimo Sangue de Cristo, e neste mês somos meditar  o seu precioso sangue derramado na Cruz para nos libertar dos pecados.

“… pelo seu sangue, temos a Redenção, a remissão dos pecados, segundo as riquezas da sua graça” (Efésios 1, 7)

Para falar um pouco mais dessa devoção, a SECOM convidou o Pe. Francisco, chefe do patrimônio na Cúria Metropolitana de Brasília, para falar como podemos viver com mais intensidade essa devoção. Veja o vídeo:

 

 

Como surgiu a devoção?

Durante a Primeira Guerra Italiana pela Independência, em 1849, o Papa Pio IX foi para o exílio em Gaeta. Ele estava com Don Giovanni Merlini, terceiro superior geral dos Padres do Preciosíssimo Sangue.

Enquanto a guerra ainda estava em fúria, Merlini sugeriu ao Papa Pio IX que ele criasse uma festa universal ao Precioso Sangue para implorar a ajuda celestial de Deus para acabar com a guerra e trazer a paz a Roma. Pio IX, posteriormente, fez uma declaração em 30 de junho de 1849 que ele pretendia criar uma festa em honra ao Precioso Sangue. A guerra logo terminou e ele retornou a Roma pouco depois.

Em 10 de agosto, ele oficializou e proclamou que o primeiro domingo de julho seria dedicado ao Preciosíssimo Sangue de Jesus Cristo. Mais tarde, o Papa Pio X atribuiu o dia 1º de julho como a data fixa dessa celebração. ( fonte: aleteia)

No Rito Tridentino, antes da Reforma Litúrgica do Concílio Vaticano II, a solenidade era celebrada no dia 1º de julho. Mesmo após a reforma, o Missal traz, ainda, uma Missa Votiva ao Preciosíssimo Sangue do nosso Salvador e pode ser celebrada no mês de julho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.