Legião de Maria celebra seu centenário na Paróquia N. Sra. da Esperança, Asa Norte, nesta terça-feira, 7 de setembro

Neste mês de setembro, a Legião de Maria celebra 100 anos desde sua fundação em Dublin, Irlanda, e sua propagação no mundo. O centenário é uma oportunidade para recordar a história e o legado deixado por muitos legionários, assim como os trabalhos desenvolvidos.

 

Em nossa Arquidiocese, os legionários irão comemorar seu primeiro centenário de evangelização no Brasil nesta terça-feira, 7 de setembro, em uma Missa solene na Paróquia Nossa Senhora da Esperança, Asa Norte, às 10h30. Dom Paulo Cezar, Arcebispo de Brasília, estará presidindo a celebração e, na ocasião, celebrará em intenção pela pátria neste dia em que se comemora a Independência do Brasil.

 

Que possamos, cada vez mais, pedir a proteção da Virgem Santíssima sobre os legionários e legionárias em atuação em nossa Arquidiocese e no Brasil. Pedimos, também,  que Nossa Senhora da Esperança cumule com a sua providência e proteção todo o nosso país, renovando assim a nossa esperança, a esperança de todo o povo brasileiro.

 

Origem da Legião de Maria

A Legião de Maria foi fundada em Dublin, na Irlanda, por Frank Duff. Ao participar da Sociedade de São Vicente de Paulo, Duff se sensibilizou com as necessidades dos pobres e desfavorecidos e percebeu que essas pessoas precisavam de mais do que bens materiais: tinham necessidade de ajuda espiritual. Trata-se, portanto, de uma associação de leigos que, sob a proteção e intercessão de Nossa Senhora e com aprovação da Igreja, destina-se à evangelização e à santificação dos homens por meio da oração e do trabalho apostólico ativo. O movimento mariano, que nasceu em 1921, na Irlanda, chegou ao Brasil em 1951. (ACI Digital)

2021-09-06T18:03:27-03:0006/09/2021|