Manhã de Oração pela Santificação dos Sacerdotes (19/6)

 

Na festa do Sagrado Coração de Jesus a igreja, em todo o mundo, é convidada a dedicar o dia a oração pela santificação do clero.  Este dia é ligado à figura do padre Mario Venturini, que dedicou sua vida e apostolado à santificação do clero e fundou, em 1926, a Congregação Jesus Sacerdote.

 

Mario Venturini  nasceu em Chioggia (Itália) no ano de 1885. Ordenado padre diocesano em 1910, trabalhou com entusiasmo e dedicação como vigário, difundindo com zelo a devoção ao Sagrado Coração de Jesus e a Eucaristia.

Em 1912 teve a inspiração de fundar um instituto dedicado a honrar Jesus Sacerdote, a rezar e trabalhar para que a Igreja tivesse mais padres, segundo o desejo do Coração de Cristo. A fundação realizou-se em 1926.

Partindo da mesma inspiração fundou em 1930 com a ajuda de Bicce de Rorai a Congregação das Irmãs Filhas do Coração de Jesus.

Padre Venturini trabalhou muito, a vida toda, entre os padres, dos quais se tornava logo grande amigo e animador. Fundou seminários para as vocações de jovens pobres, como também para adultos. Fundou revistas para os Padres e Religiosas. Em 1948 lançou o dia mundial de Santificação Sacerdotal.

Morreu em Trento (Itália) no dia 18 de março de 1957, deixando uma impressão de verdadeira Santidade.

 

 

Na Arquidiocese de Brasília, seguindo todos os protocolos sanitários para conter a propagação do COVID-19, haverá na Catedral de Brasília, uma manhã (19/6) de oração pelo clero. Iniciada às 8h00 e encerra com a celebração da santa missa, às 12h15, presidida por Dom José Aparecido, Administrador apostólico diocesano de Brasília.

 

Ocasião pela qual, todos são convidados a rezarem pelos sacerdotes, Dom Marcony, bispo auxiliar de Brasília, convida todo o povo fiel a estarem unidos em oração pelas vocações.