Mensagem Dia Mundial dos Pobres

Dom Paulo Cezar convida fiéis de Brasília a vivenciarem o V Dia Mundial dos Pobres

 

            Neste domingo (14), a Igreja no mundo inteiro celebra o V Dia Mundial dos Pobres. Dom Paulo Cezar Costa, Arcebispo de Brasília, em comunhão com o Santo Padre, convida os fiéis de Brasília a vivenciarem bem este dia com a reflexão da Palavra, mas também, com o gesto concreto de caridade.

Relembrando as palavras do Sumo Pontífice, na mensagem para este dia, Dom Paulo afirma: “O Papa Francisco deu como tema deste dia ‘sempre tereis pobres entre vós’. Ele quer dizer para nós que Cristo é o primeiro pobre. Cristo foi o primeiro ‘necessitado’ do amor daquela mulher que Lhe ungiu. Nós somos chamados, a encontrarmos nos pobres e necessitados a presença de Cristo. Cristo se manifesta através deles.”

Ainda sobre a carta do Santo Padre, o Arcebispo continua: “Diz o Papa Francisco que os pobres não são pessoas externas à comunidade, mas irmãos e irmãs cujos sofrimentos devem ser partilhados a fim de garantir o retorno a dignidade.” De fato, os membros da comunidade também são responsáveis pelo bem-estar uns dos outros, fazendo do amor fraterno uma realidade, uma vivência prática

Por fim, Dom Paulo conclama os fiéis da Arquidiocese de Brasília, mas também, toda a sociedade a ser conscientes de seu papel social: “Amados e amadas de Deus, é urgente darmos respostas concretas a tantas pessoas que perderam seu emprego, pais de famílias, mulheres, jovens, pessoas que estão ao nosso lado. Que precisam de nossa solidariedade, que precisam do nosso amor.” E conclui com uma grande exortação: “Não podemos nos perder mais em discursos vazios. É preciso que cada um faça a sua parte.”

Assista o vídeo abaixo com a mensagem do Arcebispo de Brasília para o V Dia Mundial dos Pobres a ser celebrado em todas as comunidades da Arquidiocese, em união com a Igreja no Mundo todo e com o Santo Padre, o Papa Francisco.