Mensagem do Arcebispo por ocasião do Dia Mundial do Enfermo

O Arcebispo de Brasília, Dom Paulo Cezar Costa, enviou mensagem a todos os fiéis enfermos por ocasião do XXX Dia Mundial do Enfermo, celebrado, anualmente, na memória de Nossa Senhora de Lourdes, invocada como intercessora dos doentes.

Dom Paulo inicia sua mensagem lembrando do dom precioso que é a vida e a dificuldade que é ter a ausência dela: Amados e amadas de Deus, minha saudação hoje é todo especial as pessoas que estão enfermas, às pessoas que sentem a falta da saúde que é um dom precioso, mas em tantos momentos da nossa vida, nos deparamos com a nossa fragilidade.”

 

Lembrando a data litúrgica associada a este dia, Dom Paulo faz memória de Nossa Senhora: “Estamos celebrando Nossa Senhora de Lourdes. Lourdes é um lugar onde Maria apareceu, onde manifestou o seu amor materno e onde os doentes sentem a presença materna da Mãe. Tanta gente que vai a Lourdes sente o conforto espiritual, tanta gente que vai a Lourdes sentem ali a presença materna da mãe, o consolo, sentem a cura.”

 

Ao refletir sobre os enfermos, o Arcebispo convida a todos a se lembrarem do amor misericordioso de Jesus: “convido você que possa sentir o amor misericordioso de Deus: o Evangelho mostra sempre Jesus que está próximo dos enfermos. Jesus que sempre responde à necessidade de saúde e de vida numa resposta da Fé do coração.”

 

Nesta ocasião, Dom Paulo reza: “Que nesse dia você possa sentir o amor misericordioso de Cristo, principalmente você que está doente, possa sentir a presença materna, também da mãe que olha por nós, da mãe que está conosco, da mãe que sempre manifesta para nós o seu amor. Sinta a presença materna de Maria. Sinta o amor misericordioso de Deus próximo de você, que te sustenta que ressuscita. Que Deus derrame bençãos sobre todos os nossos enfermos, sobre todas as pessoas que sofrem algum tipo de enfermidade por intercessão de Nossa Senhora de Lourdes.”