Missa de abertura da campanha da Fraternidade 2020

No primeiro domingo da quaresma (29), o povo fiel da paróquia Nossa Senhora de Fátima – Asa Sul,  celebrou a tradicional missa de abertura da Campanha da fraternidade 2020.

Com a igrejinha lotada, a missa iniciou-se às 07h00 e foi presidida por dom Marcony, bispo auxiliar de Brasília e concelebrada pelo frei Messias.

O tema da campanha para este ano é “ Vida: Dom e Compromisso” e o lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10, 33-34) e Irmã Dulce é a inspiração da CF.  O lema  é muito próximo a vida de santa Dulce porque suas ações sempre foram de nunca tratar o outro com indiferença e colocar-se a serviço dos que mais necessitavam de ajuda.

 

“Toda vida é um dom. Deus nos dá o maior dom que é a vida e nós o respondemos com o compromisso de obedecer a sua palavra, de vivermos o seu evangelho, de sermos para o mundo presença de Cristo Jesus. N neste ano, com este tema da vida, nos é apresentado o evangelho do samaritano, para ilustrar e para que pensemos um pouco em como viver a campanha da fraternidade; como viver a nossa quaresma”, falou dom Marcony em sua homilia.

 

Já um pouco mais tarde, às 10h00, foi a vez da Catedral de Brasília celebrar a missa de abertura da campanha da Fraternidade.  A missa foi presidida por dom Marcony e concelebrada pelo seminarista Matheus.

 

Catedral de Brasília

 

 

Espaço temático para ajudar a memorização de trechos dos evangelhos ao longo da quaresma. Neste primeiro domingo, os objetos ilustram as três tentações de Cristo: Pedras, os Anjos e o candelabros. Já a cruz, com manto roxo, é para fazer memória ao tempo  quaresmal.

 

“Que nós todos no Brasil, sejamos a favor da vida e da vida em abundância! ”, diz o bispo em sua homilia.

 

Procuremos a vida e a vida é Cristo Jesus!

 

 

 

 

2020-03-02T11:56:54-03:0002/03/2020|