Movimento Escalada de Brasília celebra 46 anos de fundação

Motivados pelo desejo de retomar as atividades após a pausa por motivo da Pandemia, os jovens do Movimento Escalada de Brasília (MEB) reuniram-se na última quinta-feira (5/10), em para celebrar os 46 anos de fundação do movimento em uma Missa na Paróquia Santa Rita de Cássia na L2 Sul. A celebração foi presidida pelo Arcebispo de Brasília, dom Paulo Cezar e concelebrada por sacerdotes ligados ao movimento.

O Movimento Escalada de Brasília foi fundado em 1975 a partir do pedido de uma jovem anônima ao padre Manuel Eduardo Iglesias de que ansiava por um encontro de adolescentes e jovens em que pudesse estar mais engajada nas atividades da Igreja. Diante desta saudável insistência, padre Manuel reuniu-se com alguns religiosos de colégios católicos presentes em Brasília em vistas de colocar em prática este anseio da juventude manifestado através dessa jovem.

Em outubro de 1975, foi realizado o primeiro Encontro para os jovens, sob a coordenação da Irmã Tarcisa Lemos que superou as expectativas e logo percebeu-se que haveria a necessidade de expansão do movimento para alcançar a todos os que desejavam participar desta iniciativa.

Uma das características marcantes do Escalada, segundo relata o histórico do movimento distribuído na Missa de aniversário, é o fato de que o protagonismo da evangelização dentro do grupo é do próprio jovem que evangeliza os outros jovens e, assim, a linguagem e o diálogo entre eles se torna mais eficaz.

Percebendo o grande potencial que estava se desenvolvendo, na década de 80, Dom Raymundo Damasceno, então bispo auxiliar de Brasília, sugere que o desenvolvimento do pós encontro e as atividades do movimento se vinculassem as paróquias da Arquidiocese para que o sentido de pertença à comunidade fosse realçado e para que os integrantes pudessem vivenciar esta realidade de vida comunitária. Desde então, o Escalada tem grupos em diversas paróquias do Distrito Federal e, a cada ano tem se movimentado para expandir seu caminho de evangelização.

E esta realidade foi destacada pelo Arcebispo, Dom Paulo Cezar, em sua homilia. Ele afirmou que, ao celebrar o santo padroeiro do movimento, São Francisco de Assis, os jovens deveriam ter a mesma ousadia dele, quando em Assis, como um jovem, decidiu deixar todas as riquezas de sua família e lançar-se a responder, com totalidade, ao chamado do Senhor de evangelizar através do seu carisma. Dom Paulo ainda salientou que os jovens não deveriam ter medo de ir evangelizar, de ir em missão, de falar de Jesus Cristo e de gastar suas vidas em favor do anúncio do Reino de Deus.

Ao final da celebração, Padre Iran Preusse, pároco da Paróquia Santa Rita de Cássia, Chanceler da Cúria e diretor espiritual do movimento Escalada, agradeceu a presença de Dom Paulo, como também dos membros do Escalada que estavam presentes, acolhendo o grupo mais novo que está sendo criado na Vila Planalto e convidou os jovens a se animarem para voltarem as atividades depois dessa pausa por conta da Pandemia. Agradeceu, também, a ajuda do Padre Josiano, Orionita, como assistente eclesiástico do movimento que tem acompanhado as atividades e auxiliado o itinerário dos jovens. Representando os jovens do Escalada, o coordenador Tiago Carvalho dirigiu palavras de agradecimento a Dom Paulo Cezar e fez o compromisso, em nome de todos os membros do grupo, de estarem disponíveis as necessidades da Arquidiocese, pelo que Dom Paulo agradeceu e afirmou que conta incondicionalmente com os serviços dos jovens na evangelização e na missão em Brasília.

Os interessados em saber mais sobre as atividades do Movimento Escalada em Brasília (MEB) podem acessar o site http://www.escalada.org.br

2021-10-09T23:21:44-03:0009/10/2021|