Padre usa mídias sociais para arrecadar doações de ovos de páscoa

No domingo de páscoa, o padre Francisco Lopes, que colabora na paróquia São Pedro de Alcântara – Lago Sul,  distribuiu ovos de páscoa e cestas básicas na comunidade  do Sol Nascente em Ceilândia/DF.  A mobilização é resultado de uma campanha on-line  no Instagram.

Existem várias formas para trabalhar o social da igreja com gesto concreto. Como padre, explica Francisco, “gosto de ser ponte unindo quem pode partilhar aos menos favorecidos. Nesta páscoa, tive a ideia de fazer uma campanha no meu perfil do Instagram para arrecadar as doações. Quando o arcebispo de Brasília, Dom Paulo Cezar soube da campanha, pessoalmente doou cem cestas básicas.”

A distribuição ocorreu  a sombra de palmeiras que fica numa espécie de praça na região do  Sol Nascente.  Sem aviso prévio das entregas, “os adultos que passavam pelo local, avistaram o caminhão cheio de doação e logo espalharam a notícia”, fala Pe. Francisco. Ao total foram distribuídos 600 ovos de páscoas para as crianças. As cestas foram entregues uma por família.

Para ajudar na distribuição, Pe. Francisco convidou um grupo de jovens de sua comunidade.

“A Páscoa mais feliz que já tive. Para nós, é algo tão simples, mas para aquelas crianças é algo extraordinário. “Vi a alegria do ressuscitado nos olhos daquelas crianças e mais ainda; os jovens que estavam comigo, viram nos mais empobrecidos,  o espirito da Páscoa se concretizando diante de seus olhos. ”

 

Como surgiu a ideia da rede social

A pandemia causada pelo (COVID-19) trouxe o isolamento social para toda a humanidade. O uso da internet tornou-se meio essencial para continuar a ação evangelizadora da igreja. “Daí surgiu à ideia de estar on-line. Para suprir essa lacuna na evangelização, que criei o perfil Católico extraordinário no Instagram,” explica Pe. Francisco.

O perfil é utilizado para transmitir as celebrações da santa missa, meditação do santo evangelho, formações, direção espiritual, enquetes e ações sociais.

“A pandemia mostrou que nós, como liderança Católica, devemos ocupar as mídias sociais, pois é um apostolado de muita relevância e vale o esforço”, conclui Francisco.

2021-04-06T17:33:18-03:0006/04/2021|