Paróquias de Brasília realizam a devoção do Ofício das Trevas durante a Semana Santa

Durante a Semana Santa, várias devoções alimentam a fé e a vida de oração do povo. Dentre elas, o Ofício das Trevas é realizado em diversas Paróquias de Brasília que reúnem muitos fiéis para rezar este ofício.

 

O nome desta devoção vem de três situações vividas durante a Grande Semana: primeiro, a hora habitual em que se reza o ofício, pelos religiosos, durante a noite ou madrugada. Depois, porque esta celebração lembra as palavras de Cristo que é preso nas trevas da noite “Esta é a vossa hora e do poder das trevas” (Lc 22, 53). Também, associado aos sinais litúrgicos durante as cerimônias da Paixão, apagam-se todas as luzes e velas da Igreja que retornam somente no brado do Sábado Santo “Eis a luz de Cristo”.

 

Alguns autores cristãos explicam esta celebração da seguinte maneira: ao terminar o canto de cada salmo do Ofício, uma das 15 velas é apagada. Elas representam a hora da Paixão que via chegando e os discípulos que vão abandonando Jesus. A última vela, geralmente de cor branca, não é apagada, mas escondida, significando Nosso Senhor que, por um breve tempo, se retira do meio dos homens e é sepultado no túmulo, mas que reaparece fulgurante, na Ressurreição, de forma grandiosa (Círio Pascal), com toda a glória.

 

Os salmos desta celebração, por vezes são entoados sem instrumentos ou com pouco acompanhamento, deixando-se sobressair as vozes enlutadas pela morte de Nosso Senhor. Além disso, no final da oração, em alguns lugares, se tocam as matracas, relembrando o trecho da Sagrada Escritura que diz que na morte de Nosso Senhor um grande terremoto aconteceu na Terra.

 

Abaixo, você pode conferir fotos da Celebração em algumas Paróquias da Arquidiocese.

 

Paróquia Nossa Senhora do Carmo – Asa Sul

 

 

Paróquia Nossa Senhora da Saúde

 

 

Paróquia São Sebastião – Planaltina