Pascom Brasil entrevista Pe. Zezinho sobre a vocação sacerdotal

Com o tema: “Cristo nos salva e nos envia” e o lema é “Quem escuta a minha palavra possui a vida eterna” (cf. Jo 5,24), a Igreja no Brasil celebra durante o mês de agosto, o Mês Vocacional que é um tempo dedicado à oração, reflexão e ação nas comunidades com foco nas vocações. O tema deste ano vem da Exortação Apostólica Pós-Sinodal, Christus Vivit (Cristo vive), do Papa Francisco.

Para celebrar as vocações que testemunham o serviço do próprio Senhor “que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos” (Mt 20,28),  a Pascom Brasil, vinculada a Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), bateu um papo com o padre Zezinho, que no mês de junho completou 80 anos.

São mais de 50 anos de sacerdócio, mais de 3000 composições, 140 livros, além de artigos e entrevistas. 

“Eu sou fruto de uma Igreja que mudava e continua mudando. Eu sou padre de uma Igreja em mudança. Ela não volta atrás, tem muito que mudar ainda”, diz padre Zezinho.

O Mês Vocacional foi instituído em 1981 durante a 19.ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O objetivo é conscientizar as comunidades da responsabilidade no processo vocacional.

Veja a entrevista completa:

 

Fonte: CNBB

 

2021-08-02T14:19:53-03:0002/08/2021|