Por que celebrar o Dia do Batismo?

Muitas pessoas são uma espécie de calendário ambulante. Elas se lembram de uma infinidade de datas que consideram importantes, como os aniversários de familiares, parentes, amigos e vizinhos. Enquanto outras carregam com elas, com extrema exatidão, a data do casamento, o dia do falecimento do tio, a data de admissão daquele emprego desejado, o dia em que adotou o cachorrinho de estimação ou que adquiriu o primeiro carro novo.

Mas e a data do seu batismo, você lembra?

Talvez, não. Como acontece com boa parte dos batizados!

Caso você tenha essa informação, você merece os parabéns!

O batismo é uma data importantíssima na vida de um cristão e deveria ser comemorada anualmente, como é comemorado o aniversário natalício.

A partir do momento em que se é batizado, recebe-se a graça e a benção de entrar para a vida cristã e ser reconhecido como filho de Deus. Além de ser convidado a ser um discípulo missionário a serviço do Pai na terra.

O mesmo aconteceu com Jesus que, ao ser batizado pelo primo João Batista, no rio Jordão, assumiu a nova missão: Evangelizar e anunciar o Reino de Deus.

Não se sabe ao certo, mas o que se deduz é que Cristo foi batizado por volta dos 30 anos.

Mas por que a Solenidade do Batismo é celebrada no domingo seguinte à Solenidade da Epifania, quando se comemora a revelação do nascimento de Cristo ao mundo pagão?

Como citado anteriormente, com o batismo, Jesus assumiu o ministério público, deixando o anonimato de lado. É como se fosse uma segunda revelação do Salvador ao povo. Por isso, essas duas solenidades são celebradas tão próximas.

E é essa segunda manifestação de Cristo ao mundo que será celebrada ao longo do próximo domingo, 12/01, durante a Solenidade do Batismo do Senhor, que marca a retomada do Tempo Comum, do Ano Litúrgico A, iniciado com o Advento, há quatro semanas antes do Natal.

Neste dia, somos convidados a refletir sobre o estado da nossa vida batismal e como estamos desempenhando a nossa missão, como cita o arcebispo de Brasília, Dom Sergio da Rocha, na coluna “Palavra do Pastor”.

“Aproveitemos esta festa litúrgica para agradecer a Deus a graça do Batismo recebido e para refletir a respeito de nossa vida batismal, a ser vivida com maior empenho durante este ano, através da participação na Igreja e do testemunho cristão cotidiano. Valorizar o Batismo implica também em ajudar os que não são batizados a acolherem a graça do Batismo e motivar os pais a batizarem seus filhos. É necessário dar maior atenção aos que receberam o batismo, mas não seguem a Cristo, nem participam da vida da Igreja. É cada vez mais importante, em nossos dias, testemunhar a fé em Cristo, com simplicidade e coragem, buscando sempre com a graça de Deus”, disse Dom Sergio.

Por fim, fica aqui uma ponderação deixada pelo Papa Francisco, durante uma Audiência Geral na Praça São Pedro, em 2014. Para o Santo Padre, o dia do batismo foi e é o dia mais importante da vida dele, e deveria ser o dia mais importante da vida de cada cristão. Por isso, ele aconselha a todos a buscarem e a valorizarem essa data, como enfatiza abaixo.

“Muitos de nós não se lembram da celebração deste sacramento. Isso é óbvio, porque muitos fomos batizados logo após o nascimento. Eu fiz esta pergunta duas ou três vezes já, aqui, nesta praça: quem entre vocês sabe a data de seu Batismo, levante suas mãos. É importante saber o dia em que eu estava imerso na corrente da salvação de Jesus. E vou permitir-me dar-lhe alguns conselhos… Mais que um conselho, uma tarefa para hoje. Hoje, em casa, vá procurar, perguntar sobre a data do seu Batismo e, dessa forma, você sempre vai ter em sua mente o dia mais bonito da sua vida, que foi a data do seu Batismo. Saber a data de nosso Batismo é conhecer um dia abençoado”, rematou.

Como pede o Papa Francisco, faça o dever de casa no decorrer desta semana. Descubra a sua data de batismo e a festeje quando chegar.

E no domingo, não se esqueça de comemorar a memória do Batismo do Senhor Jesus, e com o coração aberto, ouça a mensagem que Deus deixará para você.

 

Por Gislene Ribeiro

2020-01-07T14:33:40+00:0007/01/2020|