Rede Mundial de Oração do Papa – Intenção de oração de maio 2022

 

Intenção

Pela fé dos jovens

Rezemos para que os jovens, chamados a uma vida em plenitude, descubram em Maria o estilo da escuta, a profundidade do discernimento, a coragem da fé e a dedicação ao serviço.

Reflexão

Nos próximos três meses, o Papa Francisco une três intenções a partir de uma linha condutora: a família. Assim, neste mês de maio tem presente os jovens e o seu caminho de fé, em julho, os idosos e o seu lugar no mundo e, no meio, no mês de junho, as famílias, tendo como pano de fundo o X Encontro Mundial das Famílias, que acontece em Roma, entre os dias 22 e 26 de junho. A família que, no entendimento de Francisco, se estrutura e equilibra na ponte e no diálogo entre gerações, entre os mais novos, que são o motor e o futuro, e os mais velhos, que são a história e a memória. Este encontro é importantíssimo para a fecundidade da vida familiar. No que diz respeito aos jovens, o Santo Padre pretende despertar neles a necessidade de discernir acerca da sua vida, que tem como primeira atitude a escuta. À semelhança de Maria, os jovens poderão escutar a sua realidade, escutar o ensinamento dos mais velhos, beber desta fonte para que, com a valentia da fé e a dedicação ao serviço, possam encontrar um sentido e um caminho para a vida plena, o encontro com a vontade de Deus nas suas vidas. O discernimento é parte essencial no caminho sinodal que a Igreja está a fazer e, nesse sentido, os jovens não poderão ficar de fora deste itinerário. Na verdade, do seu entusiasmo e do seu compromisso depende a vitalidade e a beleza da missão da Igreja, hoje e no futuro. Unidos à intenção do Papa para este mês, será importante que cada família, cada comunidade cristã possa motivar e envolver os jovens nos processos de discernimento, criando espaços de silêncio e de escuta mútua, para percebermos interiormente o caminho que o Espírito Santo nos quer fazer percorrer.

Oração

Pai bom, que nos mostraste em Jesus um caminho seguro para os jovens. Nós os trazemos a Ti e pedimos-Te por eles. Tal como Jesus formou o seu jovem coração junto a Maria, pedimos que, pelo mesmo Espírito, também os jovens encontrem nela a escola para os seus corações onde possam formar uma fé corajosa, discernida e ao serviço. Que o teu Filho os guie pelos caminhos que Ele percorreu e que Maria lhes ensine o que a Ele ensinou. Ilumina os seus corações para que, na escuta da tua voz, e apoiados pelos mais velhos, discirnam o caminho de uma vida em plenitude. Ámen.

Desafios

– Discernir a vida: dedicar tempo a olhar aquilo que, na própria vida, dá plenitude e optar por esse caminho. – Escutar: fazer com que a oração seja espaço de silêncio interior para reconhecer a voz do Senhor na própria vida. – Ser responsável: assumir e cuidar os compromissos assumidos, grandes ou pequenos. – Servir: ter gestos de serviço e entrega para com aqueles que estão perto e passam necessidades. – Amar com gratuidade: viver cada momento de forma inteira, amar sem cansaço e sem queixas.

 

Fonte: https://redemundialdeoracaodopapa.pt/