Santo do dia – São João Paulo II

Karol Wojtyla nasceu em 18 de maio de 1920, em Wadowice, uma pequena cidade polonesa, onde viveu a sua infância e adolescência, até se mudar para Cracóvia, onde se inscreveu na faculdade de filosofia. Durante a invasão da Polônia pelos nazistas, trabalhou como operário em minas de pedra e ainda em uma fábrica química. No ano de 1942 entra para o seminário clandestino de Cracóvia e, em 1º de novembro de 1946 foi ordenado sacerdote. Posteriormente, complementa a sua formação em Roma. Durante o seu ministério sacerdotal foi professor de ética na Faculdade de Teologia de Cracóvia e na Universidade Católica de Lublin.

Em 1958 é nomeado bispo auxiliar de Cracóvia, pelo papa Pio XII. Como lema episcopal escolhe a expressão mariana Totus Tuus. Em 1964 é nomeado arcebispo de Cracóvia pelo Papa Paulo VI e em 1967 foi criado cardeal. O Cardeal Karol Wojtyla é eleito ao trono de São Pedro em 1978, o primeiro papa eslavo da história e o primeiro não italiano depois de mais de 400 anos.  Escolheu como nome o mesmo do seu antecessor, João Paulo. O seu pontificado durou 26 anos, tendo fim com a sua morte em 2 de abril de 2005. Em 1 de maio de 2011 o Papa Bento XVI o proclamou beato e em 27 de abril de 2014 o Papa Francisco o canoniza santo. Sua festa litúrgica é celebrada no dia 22 de outubro.

São João Paulo II foi sobretudo um homem de profunda fé, que se refletia na sua intensa vida de oração, homem que se deixou conduzir de forma plena pelo amor a Deus, por Nossa Senhora e pela Igreja. São João Paulo II nos mostrou através de sua vida doada, o caminho em direção a uma vida de santidade. Que a exemplo que São João Paulo II, sejamos homens e mulheres dedicados à oração e que aprendamos a amar de forma plena, e amando, sejamos capazes de nos doar inteiramente a Deus e ao próximo.