Segundo dia da 58ª Assembleia Geral dos Bispos

No segundo dia da 58ª Assembleia Geral da CNBB, 13 de abril, que pela primeira vez acontece de forma on-line, é previsto que seja apresentado um texto escrito pelo episcopado brasileiro ao Papa Francisco. A iniciativa é um gesto de fidelidade e comunhão com o Santo Padre e é realizada em todas as Assembleias Gerais da entidade.

 

Dom Paulo Cezar participa da 58ª Assembleia  de seu escritório na residência episcopal

Outros destaques da pauta

Uma breve fala sobre o Pontifício Colégio Pio Brasileiro será apresentada por dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre e vice-presidente da CNBB. Dom Pedro Cipollini, presidente da Comissão para a Doutrina da Fé, fará alguns apontamentos sobre a Comissão e suas atividades. A 6ª Semana Social Brasileira, promovida pela CNBB conjuntamente com as pastorais sociais e movimentos populares, com o tema central “Mutirão pela vida: por terra, teto e trabalho”, será abordada pela Comissão organizadora.

Também uma mensagem ao prefeito da Congregação para os Bispos; o Ano Vocacional, proposto pela Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada (CMOVIC) e um balanço do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS), da Campanha da Fraternidade, serão debatidos na parte da manhã.

Já no período da tarde, haverá a apresentação da presidência do Conselho Episcopal Latino-Americano, o Celam. O secretário-executivo de Campanhas da CNBB, padre Patriky Samuel Batista, abordará a Campanha da Fraternidade de 2022 (temas e objetivos centrais). Na sequência, o Grupo de Trabalho (GT) do Pacto pelo Brasil, sob a presidência de dom Guilherme Werlang, bispo de Lages (SC) fará uma apresentação e balanço de suas atividades ao longo de um ano de sua implementação. Dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife, falará ainda sobre o Congresso Eucarístico Nacional, programado para ser realizado em 2022.  (Com informações CNBB)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *