Solenidade de Corpus Christi em Itapoã

A manhã de quinta-feira em Itapoa foi de festa, festa da Solenidade de Corpus Christi celebrada em todas as comunidades simultaneamente para que todos os fiéis da Paróquia São Luis Orione pudessem participar sem aglomerações.

Solenidade de Corpus Christi (Corpo de Cristo), o que é isso? Por que isso? É uma festa que a Igreja católica faz todos os anos na primeira quinta-feira após a celebração da Santíssima Trindade para Adorar e Exaltar Jesus Cristo na Eucaristia, essa data foi criada em 1264 pelo papa Urbano IV, com o tempo passou-se a fazer um tapete colorido com serragem, pó de café, trigo e outros elementos para que a procissão com Jesus no ostensório passasse por cima, o tapete é sempre decorado com os símbolos da Igreja como o cálice, a pombinha, a ambula, entre outros.

Logo cedo, às  08h da manhã, as celebrações aconteceram na comunidade Matriz com Pe. Paulo; na comunidade N. Sra de Lourdes e na comunidade N. Sra. Aparecida com o Pe. Otávio; as 10h as celebrações aconteceram nas comunidades São José com o diácono Rogelino e na comunidade N. Sra. Desatadora dos Nós com o Pe. Luis Carreiro. Embora seja a mesma Paroquia, cada comunidade celebrou a festa do Corpo de Christo a sua maneira.

Na  matriz, a Solenidade  foi celebrada pelo Pároco Pe. Paulo Cesar Magalhães, na qual ele levou todos os presentes a refletir sobre a Sagrada Eucaristia; indagou aos fiéis a pensar: “Quantas vezes fomos receber a Eucaristia sem preparo? ”  Pe. Paulo também pediu aos catequistas uma atenção especial para com os catequizando de 1ª Eucaristia: “…ensiná-los o verdadeiro significado da Sagrada Eucaristia e a respeitá-la.” A missa foi seguida de uma  breve adoração ao Santíssimo Sacramento e uma pequena procissão pelos corredores da nave da igreja.

Na comunidade Nossa Senhora Desatadora dos Nós a celebração foi presidida pelo vigário paroquial Pe. Luiz carreiro, na qual ele reforçou a importância da Comunhão Eucarística e a necessidade de valorizar o sagrado; “[…] a comunhão é uma aliança com Deus e com os irmãos, […] a celebração de hoje precisa nos levar a uma união com Deus e com os irmãos, principalmente com os mais necessitados”. Após a comunhão Pe. Carreiro expôs o Santíssimo Sacramento e deu a bênção aos fiéis.

Na comunidade São José houve a celebração da Palavra, presidida pelo diácono paroquial Rogelino.

A Eucaristia é a certeza da presença de Jesus na vida do cristão.

 

 

PASCOM SÃO LUIS ORIONE

 

2021-06-04T23:29:53-03:0004/06/2021|